quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Estamos de volta

Hoje apeteceu-me escrever; quer dizer... na verdade estou a escrever este post há 3 dias. Ainda não sei se volto em força ou se este é um post do tipo toca-e-foge... Logo vejo!

Assim em jeito de resumo… e tendo em conta que o post vai ser gigante, vou por a coisa por temas.

Da Gajita

Anda radiante com o colégio! Outubro vai ser o mês do inicio de todas actividades: Inglês, Francês, Matemática, Filosofia, Música, Ginástica, Natação, Horta, Biblioteca, Passeios… Uau! Até vamos fazer um calendário especial para organizar a mochila no dia anterior. Para a horta já estão compradas as galochas mais fashion do mundo: umas galochas da Hellooo Kittyyy - hehehe.

Já fomos à de reunião de pais para o in´cio do ano lectivo. Foi-nos apresentado o tema anual, tivemos conhecimento das actividades que serão diárias ou semanais.

Com muita pena minha, mantenho a minha opinião acerca dos pais relativamente ao filhos. Deu para ver que para muitos deles estar ali foi uma verdadeira seca, e havia outros que estavam com pressa porque tinham compromissos.

A receptividade à participação dos pais nas actividades lectivas foi quase nula. Os pais mal correspondiam às observações / questões da educadora. Eu e o papá, parecíamos uma crianças a delirar com o que a nossa Gajita vai fazer e naquilo que vamos participar. Estou ansiosa :-)

No mesmo dia a Gajita foi furar as orelhas. Não o quisemos fazer antes porque achámos que devia ser ela a tomar essa decisão. Depois de muito cobiçar os brincos da mamã, e de andar sempre a pôr autocolantes nas orelhas, lá se decidiu e fomos tratar do assunto.

Assustou-se com o barulho da máquina no primeiro furo e choramingou um bocadinho, no segundo nem deu conta. Depois, perguntámos se ainda queria mesmo furar as orelhas, ainda chorosa disse que sim, mas na verdade já estava. Quando foi ao espelho sorriu toda vaidosa :-)

Das férias

Sim, estive de férias! Foram 16 dias em que desliguei o botão. Não pensei em contratos nem em protocolos, esqueci-me de passwords e não tive saudades do café (private joke).

Por casa andámos em bricolarices; falta pintar alguns rodapés e acabar três portas. Depois mostro. Vou ver se tenho fotos para postar o antes e o depois.

Deu para fazer muita ronha, dormir a sesta, passear, e tudo com muita tranquilidade. Tenho cá para mim que seria bem capaz de ficar assim mais 16 dias...

De mim

Estou cada vez mais  esclarecida emocionalmente. Quero dizer com isto que é cada vez mais fácil para mim lidar com a desilusão e arrumar assuntos que fazem doer o coração.

Não estou propriamente a construir muros à minha volta, bem pelo contrário. Apenas me reservo ao direito de fazer o que me apetece e estar apenas com quem gosto, com quem quero e com quem tenho a certeza que me ama e quer fazer parte da minha vida.

Quando não me apetece não estou. Não faço fretes para parecer bem e salvaguardo-me de voltar para casa a chorar a "desgraça" alheia. Cada um sabe de si... Cada cabeça sua sentença... Quem semeia ventos colhe tempestades... blá, blá, blá... Tudo ditados que se encaixam na perfeição em comportamentos negligentes aos quais eu estou cada vez mais imune. Até porque, e já que estou numa de ditados... Olhos que não vêem, coração que não sente (bom título para outro post!).

Do Jorge

Bem... do Jorge há muito para dizer, mas não já pode ser aqui... De referir que ele adorou os registos de Agosto, mas agora são coisas muito íntimas que eu prefiro não expor.

Regressou a casa no dia 01 de Setembro mas voltou ontem ao hospital. Está novamente internado porque o cérebro teima em não comunicar com o corpo. É óbvio que isso lhe dá conta dos nervos e a juntar noites sempre muito agitadas, não ajuda nada à recuperação. Mas temos esperança, sempre muita esperança :-)

É verdade, já me estava a esquecer...o Jorge agradece a preocupação de todos e diz que, devagarinho, gostava de receber cada um que demonstrasse vontade em visitá-lo. Aos ex-colegas sugiro que me enviem mail ou liguem (os meus contactos são os mesmos).

De resto...

Pouco tempo, muito que fazer, trabalho a transbordar. Coração a explodir de amor e cada vez mais feliz com as minhas decisões. Afinal foi bom ter deixado alguém entrar... Beijocas à Carochinha ;-)

Agora, com o João Pestana aqui ao lado, vou tentar espreitar alguns cantinhos... Beijos!

** Gaja //

3 Comments:

  1. Mami ( Sónia ) said...
    Bem vinda de volta!

    Ainda bem que vocês estão entusiasmados com a escola da filhota também não entendo os pais que não se envolvem mas enfim...
    Fazes ebm em só te rodear de quem gostas e gosta de ti nunca fui apologista do fazer frete ou fazer boa figura para fulano x ou y.
    Espero que o Jorge melhor, mas tem que ter calma afinal não se resolve tudo de um dia para o outro.

    Beijinhos grandes
    Sofia said...
    Porque o prometido é devido..lol

    As galochas são mesmo o máximo...eheh

    Tanta actividade meu deus!!! :)
    AInda me lembro da indecisão na escolha do colégio...mas vai valer a pena DE CERTEZA!!!!!

    Está uma mulher em tamanho S :-)

    Oh café merdoso (upss)

    Muitas beijocas....
    beedrill said...
    bem vinda :)
    a princesa deve estar o maximo de brincos...
    vai aparecendo ;)
    beijos

Post a Comment



Todos pensam em deixar um planeta melhor para os nossos filhos...

....quando é que pensarão em deixar filhos melhores para o nosso planeta?

Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro da própria casa e recebe o exemplo dos seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive em respeitar o planeta onde vive.