terça-feira, 2 de novembro de 2010

Preguiçosa para escrever?

Sim… ando. O tempo é pouco para vir aqui, e quando tenho um bocadinho aproveito para descansar ou estar com os meus mais que tudo :-)

No trabalho anda tudo muito agitado, não dá para tirar nem 10 minutos. Em casa quando dou pelas horas… já devia estar a dormir.

Se quero andar de bom humor e descansada, tenho de ir dormir no máximo às 23h. Caso contrário, ninguém me atura; nem eu!

Tendo em conta que a Gajita vai às 21h, tenho duas horas para algumas tarefas domésticas (com ajuda do maridão, claro!) e namoro entre o sofá, um petit gateau ou crepe do chocolate e o maridão que merece todos os mimos do mundo.

Ora pois… uma Gaja não consegue tudo, não é? E se formos a ver a agitação que são os nossos fins-de-semanaOh agenda social agitada! – não dá mesmo para vir aqui.

Mas não me esqueço de vocês, espreito-vos sempre que posso – embora não comente, desculpem – mas tento não perder nada das vidas alheias - cusca esta Gaja, hihihi.

Gostava de ter mais tempo, ou então de ter mais resistência física para poder dedicar uma horinha a este espaço.

Enfim, aqui fica o meu registo. Qualquer dia vou publicar um slideshow, devidamente legendado LOL, com toooodas as actualizações :-)

Por enquanto… Beijos à Blogosfera!

** Gaja //

5 Comments:

  1. Mami ( Sónia ) said...
    Acho muito bem pores a tua família em primeiro lugar!Tens mesmo de namorar muito muito muito.
    Beijinhos
    Coisinhas com Amor said...
    Olá querida, fico feliz por estarem todos bem!!! Eu sei bem do que falas, acho que quase todas sofremos do mesmo!!

    Beijinhos e boa semaninha,
    Carla
    carmo pinto said...
    temos dias assim como eu tb tenho tido alguma dificuldade em repor a escrita o importante é que as gajas estejam bem muito bem!
    ;)
    bjs
    beedrill said...
    beijos grandes para vocês
    Nós... said...
    Beijinhos nossos

Post a Comment



Todos pensam em deixar um planeta melhor para os nossos filhos...

....quando é que pensarão em deixar filhos melhores para o nosso planeta?

Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro da própria casa e recebe o exemplo dos seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive em respeitar o planeta onde vive.